terça-feira, 19 de maio de 2015

Prólogo



Apartamento de Demi
Demi On

Hoje faziam dois meses que o Joseph desapareceu. Todos tinha seguido com suas vidas, mas eu não conseguia, eu tinha que saber onde ele estava, se ele estava bem, quem o tinha levado, eu precisava disso para poder dormi em paz e sem pesadelos do que poderia ter acontecido com ele. Joe precisa estar vivo,só assim eu poderei dizer a ele tudo o que eu sinto.


A agencia secreta do F.B.I. onde eu trabalho me ofereceu o emprego que antes era de Joseph. Recomendação de Michael, meu antigo amigo, mas eu recusei, a ultima coisa que eu queria era que o F.B.I. colocasse as mãos em Joseph. Pedi dois meses de folga para me concentrar em achar Joe, mas eu não consegui muita coisa. Hoje era o ultimo dia da minha folga e eu mal tinha saído do meu apartamento.

Miley viajou, ela precisava de um tempo depois de tudo o que aconteceu com Nick. Ela tirou dois meses de folga, assim como eu, para viajar o mundo. Ela não ficava em um mesmo lugar por muito tempo e toda semana eu recebia pelo menos dois cartões postais. Os últimos tinham sido de Paris, na França e de Veneza na Itália.

Lucy decidiu focar no trabalho, todas as semanas ela estava em um caso novo, o que a deixava sempre ocupada, nunca nos víamos, mas as vezes ela ligava, ou ao contrario, para conversarmos um pouco. Ela tentava evitar o assunto de Joe e eu tentava evitar o assunto de Ian. Ele tinha sumido, mas não como Joe que foi levado, deixando tudo para trás. Ian tinha ido por conta própria, ele limpou seu apartamento, e sumiu levando todas as suas coisas.

Foram vários dias até Lucy conseguir parar de chorar por ele. E eu fiquei ao seu lado, assim como ela e Miley ficaram ao meu lado quando Joe sumiu, ou como eu e ela ficamos quando Miley terminou com o Nick. E apesar de estarmos longe umas das outras, nossa amizade nunca morreria.

Nick tinha sido promovido para o nosso chefe depois que eu recusei a oferta. Nós não conversávamos mais, eu nunca o perdoaria por ele ter entregado o Joseph de mão beijada para o F.B.I. Eu não conseguia entender como ele poderia odiar o Joe tanto assim, eles eram irmãos!

Terminei de fazer um sanduíche natural e um copo de suco de laranja e fui me sentar no sofá, ligando a televisão, estava passando o noticiário. Pensei em mudar de canal, mas quando eu vi a noticia que eles estavam dando meu coração quase parou.

" Depois de quase dois meses sem qualquer pista sobre o paradeiro do criminoso Joe Jonas, o F.B.I. parece finalmente ter encontrado algo, quando hoje mesmo foram liberadas essas imagens onde mostra Joseph Jonas disfarçado, comprando remédios em uma farmácia. Joseph parece bastante ferido, ao ponto de estar mal conseguindo andar. O dono da farmácia, Richard, diz não ter reconhecido o criminoso de cara, ele só estava pensando em ajudar um homem ferido, apenas quando uma vizinha do local perguntou se ele era Joe Jonas que ele foi reconhece-lo. Richard foi levado pelo F.B.I. para depoimentos e mais investigações sobre o caso. Fiquem agora com as noticias sobre o tempo..."

Desliguei a televisão sem saber o que pensar. Eu mal conseguia respirar depois de ver aquelas imagens. Joseph estava solto? Não.. Não pode ser... Ele estava ferido, então pode ser que ele tenha fugido de quem o levou! Fechei os olhos tentando não imaginar pelo o que ele não tinha passado, Joe estava muito pálido, desidratado e com a roupa melada de sangue. Seu rosto estava sujo e sua barba muito grande, mas apesar do boné e dos óculos escuros, eu podia sentir que ele não estava bem, que ele estava sentindo dor, e aquilo me agoniava. Não poder abraça-lo, e beija-lo me torturava todos os dias.

 Coloquei meu sanduíche de lado, me levantando do sofá e fui para o meu quarto. Assim que entrei no quarto, olhei para a minha parede ao lado da cama, onde eu tinha feito um tipo de mural com fotos, pistas e tudo que eu sabia sobre o desaparecimento de Joe, tudo ligado por linhas vermelhas, como um mapa de tudo o que eu sabia sobre Joseph, do pouco que eu sabia sobre a sua infância, e vida. E de seus inimigos como Wilmer e Zac.

E no centro de tudo aquilo estavam duas fotos, a de Joseph, a vitima, e a da pessoa que eu acho que o levou, Patrick. Eu não sabia que motivos ele tinha para isso, ou como ele fez. O que eu sei é que ele estava vivo, e estava por perto, me vigiando, nos vigiando. E eu sentia que de alguma forma ele estava envolvido, eu só não podia provar como.

- Se foi você que deixou o Joseph daquele jeito, você vai pagar Patrick, e muito caro.


Demorei mas, voltei! Espero que tenham gostado desse prólogo! Vai acontecer muitas coisas nessa temporada eletrizante! E fãs de Niley e Lucian não se preocupem, teve muitas mudanças na vida deles, mas tudo se resolverá com o tempo. Será que Patrick está mesmo com Joe? E essas novas imagens? O que será que vai acontecer? Criminal 2.0 veio com tudo! Beijos e até logo! Xoxo.

Um comentário: